Xiaomi Anuncia os Primeiros Aparelhos com Sistema Operacional HyperOS

A Xiaomi, uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo, anunciou recentemente o lançamento do seu novo sistema operacional, o HyperOS. Este sistema operacional é o sucessor da MIUI, a interface de usuário personalizada da Xiaomi baseada no Android.

O que é o HyperOS?

O HyperOS foi anunciado pela primeira vez em outubro de 2023, com o lançamento do Xiaomi 14. O sistema operacional é baseado no Android 13 e traz uma série de melhorias de desempenho e segurança. Segundo a Xiaomi, o HyperOS também foca em conectividade. Para isso, a empresa trabalhou em diversos recursos para tornar o ecossistema da marca mais integrado.

Primeiros Aparelhos a Receber o HyperOS

Os celulares mais avançados da marca serão os primeiros a receber o HyperOS. É o caso do dobrável Xiaomi Mix Fold 3, do Xiaomi 13 Ultra e da linha Xiaomi 13, que inclui os modelos Pro e Lite. A Xiaomi também confirmou que o Redmi K60, K60 Pro e o K60 Extreme, conhecidos no exterior como Poco F5, também farão parte da primeira onda de lançamento.

Cronograma de Lançamento

A Xiaomi divulgou na última sexta-feira (27) a lista dos primeiros celulares que receberão o HyperOS, seu novo sistema operacional. O cronograma de atualização prevê que os dispositivos começarão a receber o software no primeiro trimestre de 2024. Na China, a atualização chegará mais cedo: entre dezembro de 2023 e o primeiro trimestre de 2024.

O HyperOS, o novo sistema operacional da Xiaomi, traz várias melhorias de desempenho em relação ao seu antecessor, o MIUI. Aqui estão algumas das principais melhorias:

Quais são as melhorias de desempenho do HyperOS?

  1. Redução de Bloatware: O MIUI é conhecido por ser rico em recursos, mas também é notavelmente pesado, especialmente em dispositivos de menor preço. Uma parte significativa desse peso pode ser atribuída aos aplicativos e jogos pré-instalados que muitos usuários não precisam ou usam. Com o HyperOS, espera-se uma redução no número de aplicativos pré-instalados.
  2. Atualizações mais rápidas: A Xiaomi prometeu até quatro anos de atualizações do Android e cinco anos de atualizações do sistema para certos modelos. No entanto, o desafio está em entregar essas atualizações de maneira oportuna. Com o HyperOS, espera-se que a Xiaomi melhore sua capacidade de fornecer atualizações de sistema mais rápidas.
  3. Redução de Anúncios: Os anúncios têm sido um ponto de dor para os usuários do MIUI. A Xiaomi tomou medidas para reduzir sua presença, mas os anúncios do sistema ainda conseguem se infiltrar na experiência do usuário. Com o HyperOS, espera-se uma redução ainda maior nos anúncios intrusivos dentro do sistema.
  4. Gerenciamento de memória aprimorado: O HyperOS inclui um gerenciamento de memória aprimorado, que oferece velocidades de inicialização significativamente mais rápidas e melhora o desempenho dos aplicativos em segundo plano.
  5. Desempenho otimizado do sistema de arquivos: O sistema de arquivos foi otimizado para manter o desempenho de E/S ao longo de períodos prolongados.
  6. Maior eficiência energética: A Xiaomi afirma que o HyperOS permite uma taxa de quadros estável e um consumo de energia menor em comparação com o Android padrão ao jogar.
  7. Mudanças na programação para maximizar o desempenho do hardware: Em dispositivos com poder de processamento limitado, o HyperOS está se gabando de mudanças na programação para maximizar o desempenho do hardware.

Conclusão

O anúncio do HyperOS marca um passo significativo para a Xiaomi. Com este novo sistema operacional, a empresa espera oferecer aos seus usuários uma experiência ainda melhor, com melhor desempenho, segurança e conectividade. Estamos ansiosos para ver como o HyperOS será recebido pelos usuários e como ele irá evoluir nos próximos anos.

Comentários do Facebook